No contexto da Tecnologia da Informação (TI), a Análise de Dados é essencial para o sucesso de uma empresa de qualquer setor e porte. Afinal de contas, estamos lidando com um contexto cada vez mais complexo de fluxo de informações corporativas. Extrair o máximo desses ativo deixou de ser um diferencial competitivo para, cada vez mais, se tornar questão de sobrevivência.

Qual a importância da Análise de Dados?

Quando o assunto é TI, a Análise de Dados está diretamente associada à qualificação das tomadas de decisão dentro de um negócio. Desenvolver técnicas, soluções e arquiteturas que otimizem a disponibilização de informações é fundamental para maior assertividade e eficiência.

Quem está em um posto de gestão sabe que, na rotina do dia a dia, não há espaço para achismos e deduções vagas. Quanto mais baseada em fatos e em números for uma ação decisória, menor será a chance de imprevistos ou falhas. Nesse sentido, a TI é justamente o setor da empresa encarregado de garantir que a infraestrutura esteja funcionando adequadamente e que a qualidade das informações em circulação foque na excelência.

Mas, a Análise de Dados é um passo além. Compreender o fluxo informacional e estabelecer uma comunicação sinérgica significa transformar dados não qualificados em relatórios, acompanhar o status dos processos em andamento, garantir uma visualização segura para os clientes, dentre tantas outras potencialidades.

Disponibilidade de informações

Um dos pontos de atenção centrais da Análise de Dados é assegurar a disponibilidade da infraestrutura de TI da empresa. Isso significa que o olhar atento ao que acontece na rede, softwares e tráfego de dados empresariais permite prever erros, corrigir falhar e manter tudo correndo bem, preventivamente.

Certamente, a Análise de Dados, em todos os seus aspectos, deve ser adaptar à realidade de cada empresa. No caso da disponibilidade de informações, questões referentes ao acesso remoto, a níveis de acesso a informações, uso (ou não) de cloud server etc., são possibilidades que devem ser analisadas de acordo com o necessário.

Comunicação entre setores

Muito embora cada setor do negócio tenha suas funções específicas, o objetivo final é um só. Por isso, a comunicação entre vendas, logística, financeiro, P&D, TI e os demais precisa estar alinhada. É por meio da Análise de Dados que se torna possível identificar pontos fortes e fracos da infraestrutura para, então, aperfeiçoá-la.

Para que isso aconteça, o monitoramento constante das informações precisa ser concretizado. Há inúmeras ferramentas disponíveis para isso, que permitem a visualização em tempo real e a definição de indicadores prioritários para cada objetivo corporativo. Dessa forma, inclusive, é possível estabelecer alertas específicos caso alguma ação imediata seja necessária.

Foco na qualidade de serviços

A TI trabalha fornecendo estrutura física e digital para que o negócio possa operar. Portanto, a Análise de Dados colabora também nesse sentido. Voltada à otimização da qualidade dos serviços oferecidos externamente (para clientes e parceiros), mas também internamente (para os demais setores da empresa).

Portanto, analisar os processos em busca de mais eficácia é também investir na qualidade do que é entregue aos diferentes públicos do setor de TI. Assim, uma relação mais produtiva e vantajosa pode ser estabelecida a partir de uma rotina voltada para a otimização.

Visualização de dados e Big Data

Toda essa revolução informacional possível a partir da análise de dados não faz sentido sem uma visualização de qualidade. Ter acesso à informação significa também facilitar a compreensão rápida do que é mais importante, no momento mais essencial. As várias ferramentas de visualização de dados, como a gestão à vista, contribuem nesse sentido.

Com telas posicionadas em lugares estratégicos, como salas de reunião, pontos de encontro ou mesmo nos escritórios dos gestores, é possível apresentar os indicadores pré-estabelecidos e suas variações em tempo real. Assim, por exemplo, um time pode acompanhar sua trajetória em busca de uma meta ou um gestor pode frisar informações importantes em uma prospecção.

Por outro lado, todas essas possibilidades apresentam consigo um desafio: o manejo adequado de um grande volume de informações. As ferramentas de Big Data permitem minerar banco de dados imensos de forma precisa e contundente. Esse é um aspecto importante para se levar em consideração, pois perder indicadores potentes por falta de catalogação correta ou mesmo incapacidade funcional da infraestrutura de TI é um definidor de resultados.

Esperamos que tenha sido possível compreender um pouco mais a importância e a relevância de estar atento à esse ramo de atuação da Tecnologia da Informação e à inovação corporativa como um todo.

A Análise de Dados se estende ainda por muitas outras possibilidades de ações poderosas dentro de uma companhia. Investir em identificar as melhores formas de usar dos dados que trafegam por sua empresa é mais que uma tendência, trata-se do único caminho possível para sobreviver no atual contexto. Caso você tenha dúvidas ou interesse em conhecer mais sobre o assunto, não deixe de entrar em contato com a gente.

Autor

Marney Muller
Marney Muller
Formado em Administração de Empresas pela UFRGS, com mais de 20 anos de experiência e atuação no ramo corporativo de Tecnologia. Possui a certificação de negócios Cisco Business Value Specialist.